sexta-feira, 6 de março de 2015

Descaso na saúde

Dia 02 do mês de Março recebi um encaminhamento da escola CEI vila nova perus para que minha filha de 02 anos fosse encaminhada a um posto medico, nos Atendimento Medico Ambulatorial AMA, não tem medico pediatras nem ginecologistas. fui ao pronto socorro segundo a escola minha filha estava com 38,9 graus de febre, fui ao pronto socorro de perus, onde fui informado de que não tinha medico o tal medico que tinha já havia ido embora, não consegui passar minha filha no medico e não consegui uma declaração que compareci ali as 18:00 horas, trabalho a noite e estou tentando ainda provar no serviço que cheguei atrasado devido a uma necessidade de saúde.
ficam as duvidas e as perguntas:
porque um pronto socorro esta aberto se não tem medico?
porque um município como São Paulo tem um pronto socorro e não tem medico o que eles os administradores fazem com o dinheiro destinado a saúde?
porque eles não podem emitir uma guia de atendimento e providenciar uma declaração através desta guia?
onde estão os vereadores do Município que deixam tal coisa acontecer?
porque desde o ano de 1990 que eu vejo os políticos candidatos falarem e prometerem que vão cuidar da saúde, e mais de 20 anos depois a saúde só piorando?